Dicas para quem quer começar a empreender na indústria da moda

Deseja começar a empreender na indústria da moda, mas antes de tudo gostaria de conferir algumas dicas importantes sobre o assunto? Então fique sabendo que está no lugar certo. Empreender na indústria da moda não é algo fácil, entretanto pode ser muito vantajoso a longo prazo. Não se esqueça de que esse segmento é responsável por uma parte grande de toda a economia brasileira e, dessa forma, gera muitos empregos e movimenta realmente uma quantidade grande de dinheiro.

 

Sendo assim, você precisa, antes de qualquer coisa, ter um diferencial para empreender na indústria da moda. Ser uma loja de roupas de marca baratas, por exemplo, pode atrair bastante clientes para sua loja. O que não pode é fazer mais do mesmo. Para te ajudar com tudo isso, confira ao longo deste artigo 6 dicas importantes para começar a empreender na indústria da moda.

1. Tenha um planejamento

Em primeiro lugar, ter um planejamento é algo fundamental para quem pretende começar a empreender na indústria da moda. Da mesma forma que acontece com outros tipos de mercados, o da moda é muito grande e, por conta disso, tem muitas possibilidades para escolher, diferentes públicos para atender, entre muitas outras coisas.

 

Levando tudo isso em consideração, nesse planejamento você deve colocar qual é a área da moda que pretende começar o seu negócio e qual o público que deseja atender. Tenha sempre em mente que conhecer o público é fundamental para ter sucesso. Afinal, de nada adianta vender camisa polo masculina se o seu público é 100% feminino, não é mesmo?

 

Além disso, não se esqueça de estudar um pouco os seus principais concorrentes para saber o que eles estão fazendo e se tudo está ou não dando certo. É claro que você não deve copiar as estratégias deles, muito pelo contrário. É para apenas observar e analisar, a fim de fazer o melhor possível dentro do seu negócio.

 

Na fase do planejamento, não se esqueça de definir também qual será o seu diferencial, já mencionado anteriormente. Para começar a empreender na indústria da moda isso é realmente essencial.

2. Conheça os diferentes nichos da moda

Algo muito vantajoso de começar a empreender na indústria da moda é que todo mundo precisa de roupas, certo? Dessa forma, você vai trabalhar com um produto que atende uma necessidade geral. Grande parte das pessoas até mesmo expressa sua identidade por meio das roupas que veste. Isso quer dizer que muitas pessoas, na verdade, estão procurando um conceito com o qual possam se identificar, além de apenas roupas para vestirem.

 

É exatamente neste ponto que um bom empreendedor da indústria da moda entra. Ou seja, é necessário entender os nichos da moda e, além disso, ver quantas pessoas estão procurando por algo em específico. Para fazer isso, é possível fazer pesquisas online, em revistas do segmento e em muitos outros lugares. O importante aqui é ter força de vontade.

 

Depois de obter uma boa quantidade de conhecimento e de dados, você pode começar a dar os primeiros passos para criar uma loja ou uma confecção, por exemplo, o mais específica possível, ou seja, atendendo aquele nicho que foi muito bem pesquisado antes.

3. Use a criatividade e tenha bom senso

Uma das principais características que alguém que quer começar a empreender na indústria da moda deve ter é criatividade. Como o mercado da área é bastante concorrido, é necessário viver em uma busca constante da próxima tendência, seja ela novas estampas ou novos estilos. O que importa é entender que tudo isso tem um único objetivo: manter-se presente e relevante dentro do mercado.

 

Dessa forma, a criatividade é realmente importante nesse tipo de empreendimento, mas é claro que ela deve ser usada com bom senso. Não tente ir muito além do que aquilo que as pessoas estão acostumadas, afinal pode não dar certo. Mantenha os pés no chão, mas não deixe de ser um pouco criativo também.

4. Ofereça qualidade

Lembra que anteriormente foi falado a respeito da importância de ter um diferencial? Então, a qualidade pode ser um deles. Por mais óbvio que pareça, existem algumas indústrias do ramo da moda que não prezam pela qualidade dos seus produtos. Elas estão mais preocupadas em produzir quantidades enormes para conseguir mais lucros.

 

Como você não quer oferecer mais do mesmo, fique longe disso, certo? Independente de qual for o preço dos produtos que irá vender, a dica aqui é manter uma qualidade em todos eles. Vai produzir e/ou vender roupas da moda? Ótimo! Apenas não deixe de manter a qualidade acima de tudo.

5. Economizar tempo é economizar dinheiro

Vai começar a produzir roupas? Então não deixe de escolher máquinas boas, que sejam capazes de fazer o trabalho de forma mais rápida. Neste ponto não se esqueça de que o barato pode sair caro, certo? Economizar tempo é economizar dinheiro, então sempre escolha equipamentos que, mesmo mais caros, possam realmente fazer um bom trabalho em um tempo menor.

 

Tenha sempre em mente que quanto mais tempo economizar com o processo de produção, mais tempo sobrará para investir no crescimento da empresa.

6. Mantenha o controle de tudo

Para finalizar, quando a sua empresa realmente começar a funcionar, é fundamental que você consiga manter o controle de tudo, ou seja, dos pedidos, do estoque, da quantidade de matéria-prima, entre muitas outras questões. Para deixar esse controle mais fácil, fazer anotações e criar uma planilha no excel com tudo, por exemplo, são ótimas dicas.

Além disso, existem algumas ferramentas e sistemas especializados no assunto também. Se preferir, pode comprá-los mais para frente, o importante é não deixar de fazer esse investimento. Ter o controle de tudo dentro do seu negócio é essencial para não falhar com os clientes e, consequentemente, manter uma boa reputação.

Conclusão

O que achou de todas essas dicas para quem pretende começar a empreender na indústria da moda? Que tal colocá-las em prática o quanto antes para poder finalmente tirar o seu projeto do papel? Depois, não se esqueça de contar aqui nos comentários como foi a sua experiência.

 

Alan Terra

Estrategista de Marketing Digital e Expert de Vendas On-line com 18 anos de experiência no mercado de internet e mais de 600 projetos digitais desde 1997, isso mesmo da época que não existia Wordpress, só o velho e bom notepad!

Top