Marketing digital: quais as possibilidades para pequenas empresas?

Marketing digital para pequenas empresas

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Entenda as vantagens e necessidades de um planejamento dessa estratégia

Na era de intensa atividade online, o marketing digital se faz nada menos do que adequado às empresas que desejam ganhar notoriedade, estabilidade e volume de vendas. Para donos de pequenas empresas, em especial, a estratégia pode ser muito benéfica. Isso porque o marketing digital acompanha a crescente tendência da digitalização dos meios de consumo. 

Os últimos três anos representaram um período de mudança acelerada, proporcionada pelo isolamento social e demais consequências da pandemia da Covid-19.  A digitalização dos hábitos de consumo é um processo que, em si, já vinha acontecendo desde antes da virada do século, mas que se intensificou após o recente período em que a internet se tornou vital na manutenção da vida cotidiana. 

Por meio de marketing de conteúdo, inbound marketing, marketing nas redes sociais e outras ações sintonizadas aos hábitos de consumo contemporâneos, o marketing digital pode permitir que pequenas empresas se tornem integradas à tendência, observando um crescimento significativo, ditado por esse movimento. 

Benefícios

Custo

O investimento inicial não precisa ser muito grande. Anúncios na internet não custam muito caro, e, ao contrário do que pode parecer, a estratégia não é exclusiva a grandes empresas com grandes orçamentos. Na verdade, ela pode ser incorporada a qualquer negócio.

Isso porque, diferentemente do marketing tradicional, que utiliza mídias de conteúdo estático, o marketing digital oferece flexibilidade nos preços. A adaptatividade do seu conteúdo e o uso de ferramentas analíticas – que permitem a customização de campanhas e facilitam a tomada de decisão quanto a investimentos futuros – permitem que o investimento inicial seja de até 20% do faturamento ou menos. 

Resultados mensuráveis

Entre as ferramentas que proporcionam melhores tomadas de decisão, a coleta de dados acerca do comportamento dos consumidores é, sem dúvida, uma das mais preciosas. As ações no meio digital permitem o monitoramento do número de leads, a quantidade de acessos a landing pages, o número de clicks em links, o tempo de permanência no portal e muitos outros dados.

Essas informações contribuem para uma otimização avançada das estratégias contínuas,  proporcionando à equipe de marketing os dados necessários para a segmentação de mercado e o entendimento da persona do seu negócio. 

Presença online

O marketing digital ainda permite o fortalecimento da presença digital da empresa. Nos dias atuais, a internet é utilizada para tirar dúvidas, analisar possibilidades e chegar a conclusões quanto à aquisição de produtos ou serviços.  Ter a sua empresa conectada, oferecendo conteúdo que revele sua visão, valores e personalidade, é vital para a manutenção da relação com os clientes. 

Um consumidor que tem retorno em interações, que se sente à vontade para tirar dúvidas e conseguir informações, pode muito rapidamente deixar de ser cliente e se tornar promotor.

Como fazer 

Para executar um planejamento de marketing digital que tenha efeito a curto e a longo prazo, com um investimento crescente e segurança de ROI (Retorno Sobre Investimento), é preciso se atentar à ordem de execução das tarefas.

Primeiro de tudo, é necessário analisar como o marketing digital se encaixa no seu negócio. Uma empresa com produtos que têm grande apelo visual pode se sair muito bem com ações de marketing nas redes sociais, enquanto empresas que oferecem serviços na saúde podem se sair melhor com e-mail marketing. Entenda, inicialmente, quem é a sua persona, quais os seus hábitos, como é consumido o produto ou serviço que você oferece, e decida quais as ações nas quais o investimento será melhor aproveitado.

Duas das estratégias de marketing digital que envolvem as ações mais efetivas são:

 Marketing de conteúdo:  engloba as ações de escrita de conteúdo para redes sociais, blog e outros canais, que proporcionam informações valiosas aos clientes em potencial. Essas informações podem gerar leads e conversões eficientes.

 Inbound marketing:  envolve o envio de e-mails marketing, de acordo com a segmentação, follow ups, resgate, acompanhamentos e outras práticas que visam a fidelização ou conversão de leads. 

Ambas as estratégias podem ser acompanhadas de práticas de SEO, que melhoram a posição do seu negócio nos mecanismos de busca, e também de outras ferramentas facilitadoras, como a geração de links para pagamento, que levam em consideração o crescente uso do cartão de crédito para compras no ambiente digital.

Após considerar todas as ações e ferramentas dentro da personalidade e da persona da sua empresa, é hora de colocar todas as necessidades no papel e produzir um orçamento inicial. Este orçamento também deve ser baseado na pesquisa de mercado, no estudo da concorrência e, acima de tudo, nas metas a curto e a longo prazo. 

Após reunir todos os dados necessários e tomar todas as decisões, parta para cima e mantenha em mente que tudo pode ser ajustado. Qualquer campanha que não esteja funcionando pode ser mudada ao analisar todos os dados envolvidos, e todo investimento pode ser flexibilizado, a favor de uma execução de sucesso da estratégia planejada.

banner agenda min

Mais posts

Você quer expandir seus negócios?

Podemos fazer isso juntos

Entre em contato
Open chat
1
Olá! Como Podemos te ajudar?