Saiba como utilizar o marketing emocional a seu favor em 2022

Saiba como utilizar o marketing emocional a seu favor

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
 Muito mais do que um mero discurso, as campanhas que contam com estratégias emocionais sensibilizam e engajam os consumidores. 

Saiba como utilizar o marketing emocional a seu favor. O marketing emocional surgiu para seguir a premissa de estabelecer uma conexão com seu público-alvo, por meio do apelo emocional. A principal vantagem dessa conexão é convencer o espectador a concluir a ação desejada, como comprar produtos, adquirir serviços, compartilhar publicações, realizar doações, assinar newsletter, entre outros.

Não é de hoje que o sentimento despertado em pessoas influencia diretamente na tomada de decisões. Além disso, ao mexer com as emoções do público, é mais fácil que ele se lembre da marca depois; afinal, memórias claras estão sempre ligadas a emoções.

Dados apresentados pela agência de marketing Rock Content apontam que os anúncios emocionais resultam em um aumento de aproximadamente 23% nas vendas, em comparação com a comunicação padrão. O índice demonstra um resultado correspondente a quase o dobro de eficácia, frente aos anúncios tradicionais.

            Adotar uma narrativa significativa é o primeiro passo para o sucesso. A mente humana gosta de boas histórias, que mobilizem emoções e incentivem a identificação. Também é possível gerar emoções através de depoimentos de clientes, além de campanhas de marketing relacionadas a ações sociais, uma boa pedida para ajudar a humanizar a empresa.

Ainda é preciso ter seu público-alvo bem estabelecido e desenvolver mensagens com eles em mente. Após essa conexão e fidelização, os clientes estão mais propensos a recomendar seu serviço, defender e legitimar. Procure ainda utilizar elementos criativos – as cores, músicas e os sons, por exemplo, são capazes de despertar as mais diversas emoções.

Os consumidores querem um sentimento genuíno entre cliente e empresa; portanto, é necessário apresentar autenticidade e lealdade. Uma das formas de agradá-los é interagindo com seus comentários, respondendo dúvidas, compartilhando fotos com a marca, postadas pelo próprio consumidor, entre outros.

Isso é possível em quaisquer setorizações comerciais: seja alimentação, com marcas ou serviços de entrega delivery; no setor automotivo, com apresentação de novos modelos de autos; tags para serviços de pedágio ou cartão de abastecimento, e até no segmento de vestuário, apresentado por marcas de roupas ou atividades de lavanderia.

Algumas outras dicas são: falar com os pontos de dor do cliente, mostrar que pode resolver seus problemas, desde os mais básicos até os mais preocupantes, inspirá-los a atingir metas ou alcançar um estilo de vida favorável à sua marca, apoiar boas causas, comemorar marcos, fazê-los rir e apresentar ofertas personalizadas.

Durante a pandemia, a Coca-Cola realizou uma campanha onde seus clientes podiam encomendar latas personalizadas com mensagens de apoio e enviá-las aos seus familiares. O objetivo era mostrar aos clientes que seu bem-estar físico e emocional era mais importante do que a própria identidade da marca. Um exemplo prático de como o marketing é capaz de mexer com o emocional.

banner agenda min

Mais posts

Você quer expandir seus negócios?

Podemos fazer isso juntos

Entre em contato
Open chat
1
Olá! Como Podemos te ajudar?