Escaneabilidade: o que é esse conceito tão importante para redação SEO

Escaneabilidade: o que é esse conceito tão importante para redação SEO

Compartilhe este post

 Prática torna a leitura mais atraente para os usuários, que são contemplados com um texto mais fluido 

Os formatos e as estruturas textuais são, na grande maioria das vezes, as marcas principais que definem o gênero de um texto. É assim nas redações para vestibular, nos formatos jurídicos, nos padrões acadêmicos e, também, para a leitura de textos na internet alinhados às práticas de SEO.

O texto, na internet, deve ter um formato de leitura fácil, em que o leitor (e usuário) deve ter a informação de que precisa ao seu alcance. É dessa maneira que consumimos texto e informações na internet, afinal, com o intuito de encontrarmos facilmente uma informação. Entre outras características de um texto no marketing digital, o conceito de escaneabilidade é mais do que importante: ele é a matriz de um texto SEO.

O que é escaneabilidade?

De modo geral, a escaneabilidade tem esse nome porque é, basicamente, uma alusão à maneira como buscamos a informação: de forma semelhante a um scanner de impressoras – de cima para baixo. Esse conceito faz parte do universo de neuromarketing, marketing digital, webwriting (escrita na web, em tradução livre) e de experiência do usuário, primordialmente. Mas, grosso modo, é possível dizer que a escaneabilidade é uma técnica de experiência do usuário aplicada para redação.

Jacon Nielsen, considerado um dos fundadores dos estudos sobre usabilidade e experiência do usuário, descobriu que a maioria das pessoas não leem os textos palavra por palavra, mas sim de maneira a “escanear” o conteúdo. Os olhos vão em busca de palavras-chave ou de informações essenciais para absorver o conteúdo. Provavelmente você mesmo faça isso enquanto lê este conteúdo, decidindo quais partes merecem mais a sua atenção.

Nesse sentido, a prática de escrita textual para SEO deve seguir um padrão de escaneabilidade, para que os usuários consigam absorver o que precisam em uma rápida olhada. Caso isso não aconteça, muitos desistirão de consumir o conteúdo, ou só lerão uma parte do texto, o que se converte em dados negativos – afinal, se o usuário não ler todo o conteúdo, não será possível direcioná-lo para outros conteúdos linkados.

Quanto mais “escaneável”, mais atraente o seu texto será para o usuário. Por isso, é essencial conhecer as técnicas e aplicá-las aos seus conteúdos.

Técnicas da usabilidade

Para tornar um texto mais atraente, são usadas várias técnicas para prender a atenção do usuário – tanto técnicas substanciais do texto, quanto técnicas visuais. Confira, abaixo, quais são essas técnicas.

Pirâmide invertida

No jornalismo, uma das técnicas de redação usadas é a pirâmide, em que é necessário fazer uma introdução, um desenvolvimento e, por fim, uma conclusão. Esse é o padrão textual jornalístico e de outras áreas também, como das áreas acadêmicas. Aqui, no entanto, a lógica deve ser invertida.

No início do texto, devemos começar pela conclusão e, ao longo do conteúdo, partimos para o desenvolvimento da informação, simplesmente porque o usuário não pode dedicar tanto tempo a um conteúdo. Se, no início do texto, o leitor sentir que terá as informações de que precisa, ele prosseguirá a leitura. As primeiras linhas, portanto, são essenciais para o texto aplicado à SEO.

Uso de negritos

Essa é uma técnica simples, mas que faz toda a diferença na hora de se ler um conteúdo na web. Afinal, o negrito é um artifício visual que destaca determinadas informações para o usuário, dando contraste ao texto.

Por exemplo, caso o leitor esteja procurando informações sobre os valores de um smartphone, o ideal é que seja uma informação em destaque, com o uso de negritos. Geralmente, os links também devem ficar negritados, principalmente para que o usuário compreenda que aquilo pode ajudá-lo a se aprofundar no tema que procura.

Uma dica importante é selecionar muito bem quando você usará negrito, uma vez que serão trechos que saltarão aos olhos do leitor, sem, necessariamente, um contexto. Por isso, devem ser ressaltadas as informações realmente importantes para o conteúdo.

Parágrafos e frases curtos

Quanto mais longo um parágrafo, mais difícil é escanear uma informação. O ideal é que cada parágrafo guarde uma ideia central, e que as frases que compõem o parágrafo sejam mais curtas, para que o leitor ganhe fôlego ao procurar e ler as informações.

As frases não devem ultrapassar mais do que duas linhas, e os parágrafos devem ficar entre 2 e 5 linhas de extensão, com algumas exceções.

Além de isso ajudar na leitura, também fica muito mais fácil na adaptação de diferentes tipos de tela em que o usuário pode vir a acessar o conteúdo (que pode ser literalmente qualquer forma aleatória, como computador desktop, celular, tablet e outros dispositivos eletrônicos).

Uso de imagens e vídeos

Como dito anteriormente, o uso de recursos visuais é muito importante para manter a escaneabilidade do texto mais robusta e elegante ao usuário. O uso de imagens é essencial, principalmente para os textos aplicados à SEO: afinal, algumas explicações se tornam mais nítidas com imagens.

Vale, aqui, o clichê “uma imagem fala mais do que mil palavras”. E, parcialmente, isso é verdade: sobretudo nos textos mais informativos sobre algum conceito específico uma imagem pode fazer toda a diferença na busca da informação pelo usuário.

Além disso, os recursos visuais, como imagem e vídeo, com certeza, serão avistados pelo usuário, e não necessariamente ele dedicará um tempo de sua atenção para todos os parágrafos. Portanto, é muito importante selecionar imagens que façam sentido ao texto.

site assistência resultados

Mais posts

Você quer expandir seus negócios?
Podemos fazer isso juntos!

Entre em contato
Abrir bate-papo
1
Olá! Como Podemos te ajudar?